Imagem capa - Igreja Nossa Senhora das Dores por Claudio Cerri Lucio de Mello
Igrejas

Igreja Nossa Senhora das Dores




Não se conhece a data da construção da Capela de Apipucos, mas sabe-se, através de documentos, que ela já existia, no mesmo local onde hoje se encontra, em 1645, sob a invocação de Nossa Senhora da Madre de Deus e depois de Nossa Senhora das Dores.

Durante a invasão holandesa foi completamente saqueada, tendo as suas imagens, paramentos, alfaias e móveis destruídos pelos holandeses.

Apipucos foi uma das primeiras povoações a ter uma capela com um sacerdote de residência. Até o século XX, havia atrás da capela a antiga casa onde morava o seu capelão.

Entre 1870 e 1908 a capela não possuía um capelão próprio, mas havia missa aos domingos.

A capela foi reconstruída e ampliada através de várias reformas, e, em 1906, houve uma grande obra conduzida pelo Dr. Alfredo Lisboa.

Há muito tempo a capela de Apipucos vem sendo a menina dos olhos de famílias anglo-pernambucanas e pernambucanas católicas que moram na localidade ou circunvizinhanças, como os Needham, os Clarkson, os Lorimer, os Brotherhood, os Burle e os Dubeux, os Tasso, os Aquino Fonseca, os Freyre.

Em 1917, com a chegada dos padres Jesuítas, a capela floresceu sob a direção do padre Thomas Digman, que foi seu capelão durante 29 anos. Com a sua morte, em 1946, a capela ficou sob os cuidados dos padres Jesuítas do bairro da Várzea.

Com a chegada dos padres Lazaristas holandeses, em 1950, a capela passou a ser uma das mais ativas no cumprimento da sua missão religiosa.

Hoje, a capela está sob os cuidados dos padres Salesianos.
(Atualizado em 25 de agosto de 2009).

Fonte: GASPAR, Lúcia. Capela de Apipucos (Recife, PE). Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar>. Acesso em: 03 out 2016. 


Um dos pontos que mais me chamaram a atenção foi a entrada de luz natural nesta capela, fotografei durante o dia e tive um resultado bem satisfatório com iluminação, outra característica positiva que achei foi o mezanino, rendeu ótimas fotos, porém o espaço não é tão grande, acredito que fica mais confortável para eventos de médio a pequeno porte, o Padre que estava no dia foi Padre Severino, que é o capelão atual, um simpatia de pessoa, fiquei um tempão conversando e come e conhecendo toda a história da Igreja.


O trabalho que realizei nesta Igreja esta no link: http://www.superclick.alboompro.com/portfolio/batizado/50762-batizado-igreja-nossa-senhora-das-dores-ensaio-familia-recife-pe-super-click-claudio-cerri


Espero que tenha ajudado..


Bjs 


Claudio Cerri